O observar

Com os pés descalços

e a curiosidade no caminhar,

viviam os seres humanos,

desde os primórdios, o céu a observar.

Pontos brilhantes e tão distantes

que a resolução de suas lentes naturais

não poderiam alcançar,

o que faria o ser humano

para esses pontos desvendar?

 

Ano após ano,

com a nossa complexidade de ser,

algumas pessoas ousaram

o mundo começar a descrever.

Lá em Pisa, no século XVII,

a luneta astronômica nasceu,

um de nossos artifícios

aprimorados por Galileu.

 

 

Não só as estrelas precisávamos focalizar,

mas também as pequenas letras de um papel

até o que nos torna

como uma poeira estelar.

Uma gotícula de água por Anton

foi investigada,

descobrindo um novo mundo

que ninguém imaginava.

Com um conjunto de lentes,

o holandês, focava os raios de luz,

chamando de microscópio,

a invenção que ao pequeno universo conduz.

 

Thamires Soares

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: